CONHEÇA NOSSO BLOG
31Ago
alergias caninas

Alergias caninas: como a alimentação natural pode melhorar a qualidade de vida do seu amigo?

Compartilhe!

Olá! Hoje quem tomou conta do Blog do Bob fui eu, a mamãe dele, para falarmos de um assunto muito importante e que incomoda muito os pets: alergias caninas. O Bob tinha muitas crises alérgicas quando era pequeno e uma das causas principais era a ração industrializada. Inclusive, essa foi a grande inspiração para abertura da empresa Chef Bob. Não conhece nossa história? Você pode dar uma olhada agora mesmo!

Continuando, existem diversos fatores que podem ocasionar as alergias caninas e a alimentação natural pode ser uma grande aliada no combate ao problema. Quer saber mais? Vem comigo!

Causas comuns de alergias caninas

  • Rações industrializadas;
  • pulgas e carrapatos;
  • plantas;
  • produtos de limpeza;
  • vermes;
  • medicamentos
  • entre outros.

Só quem pode identificar qual é a real causa da alergia é o veterinário. Por isso, atente-se em levar o seu animalzinho já nos primeiros sintomas. Afinal, se é muito incômodo para nós, humanos, sentir coceira o tempo todo, imagina para um bichinho que não consegue se comunicar de forma clara.

Quais são os tipos mais recorrentes?

  1. Dermatite atópica: esta doença torna a pele do animal mais sensível a diversos estímulos do ambiente, até mesmo poeira da casa.
  2. Alimentos: é possível diagnosticar se a causa das alergias caninas inclui a alimentação seguindo uma dieta orientada pelo veterinário por 60 dias. Caso melhore, é necessário iniciar um processo de transição alimentar para evitar a reincidência.
  3. Infestação de insetos: a partir do momento que pulgas ou carrapatos se instalam no corpo do animal e começam a sugar seu sangue, a primeira reação é a coceira. Portanto, é necessário uma indicação veterinária de qual remédio usar no combate aos parasitas e banhos para manter o animal sempre limpo.
  4. Dermatite de contato: é a reação alérgica ocasionada pelo contato com objetos que irritam a pele do cachorrinho, como coleiras e produtos de limpeza, por exemplo.

Sintomas que você deve se alertar

  • Coceira;
  • queda de pelo recorrente;
  • vermelhidão;
  • bolhas na pele.

Geralmente, esses são os sintomas mais comuns e os primeiros a serem notados. Além deles, também ocorre do animal lamber bastante o local da coceira, se machucar e coisas relacionadas.

O veterinário falou que o problema é alimentar, e agora?

Se por um acaso, a causa da alergia do seu amiguinho for alimentar, o ideal é optar por trocar a ração industrializada pela alimentação natural. Como eu disse anteriormente, foram as alergias caninas do Bob que nos levaram a criar receitas 100% naturais para melhorar a qualidade de vida dele. Por isso, conte conosco! Temos um conteúdo sobre rotina de alimentação que pode ser um grande aliado!

Além disso, em parceria com veterinários e zootecnistas, elaboramos receitas balanceadas, sem corante, aromatizante, conservante ou transgênicos. São 6 opções de comidas e 4 de petiscos disponíveis para o seu pet. Para saber mais, basta acessar nosso cardápio de alimentação natural. Também criamos cardápios personalizados de acordo com as necessidades do seu pet, seguindo orientações de um veterinário parceiro. Entre em contato via WhatsApp agora mesmo e tire suas dúvidas!

No Blog do Bob você encontra outras dicas sobre saúde e bem-estar animal. Não deixe de conferir:

Posts Recentes Tags