CONHEÇA NOSSO BLOG
12Jan
alimentação natural para gatos

Como introduzir a alimentação natural para gatos?

Compartilhe!

Olá, amigo humano! Aqui é o Bob de novo. Hoje eu vim falar sobre um assunto que interessa meus amiguinhos felinos: a alimentação natural para gatos. Você sabia que ela é uma alternativa muito mais saudável à tradicional ração industrializada? O novo estilo de dieta consiste na inclusão de alimentos frescos na vida dos felinos.

Para introduzir hábitos alimentares mais saudáveis na nutrição do seu gatinho, é preciso ter paciência! Como eles estão acostumados a comer ração, podem estranhar os novos sabores e texturas em um primeiro momento. Mas, calma!

Outro dia eu conversei com o Jack, bichano da minha vizinha, e ele me contou como você pode introduzir a nova alimentação na vida do seu felino aos poucos. Leia este artigo até o final para entender!

Período de adaptação para introdução da alimentação natural

Você, papai ou mamãe de pet, deve saber que os felinos têm um apetite muito seletivo. Geralmente, eles cheiram o alimento antes de colocá-lo na boca. O intuito é evitar ingerir alimentos estragados ou de má procedência.

Durante a transição alimentar, é comum percebermos que os gatos rejeitam novos alimentos. Ou, ainda, apresentam problemas digestivos, como vômitos, cólicas e diarreias. Isso acontece porque o paladar e o sistema digestivo dos felinos não está acostumado com as características desses alimentos, como pH, textura e composição.

Para evitar esse tipo de problema, é recomendado criar um período de adaptação. Além de garantir que o bichano se acostume com os novos alimentos, também ajuda a identificar se o felino apresenta alergia ou intolerância alimentar.

Dicas úteis para introduzir alimentação natural para gatos

1- Inicie a introdução alimentar ainda filhote

Quanto mais cedo você começar a introdução alimentar no seu gato, melhor! Afinal, filhotes de até seis meses aceitam todos os tipos de alimentos e se adaptam mais facilmente à alimentação natural. Portanto, tente introduzir carnes, vegetais e ovos nos seus primeiros meses de vida. Caso seu gato seja adulto, siga as dicas a seguir!

2- Forneça o novo alimento de maneira individualizada

Os alimentos naturais, sejam eles frutas, legumes ou verduras, devem ser oferecidos separadamente. Ou seja, um de cada vez. Assim, é possível identificar quais alimentos seu gato tem apetite e quais ele tem intolerância. O ideal é fornecer os pratos frescos em pequenas quantidades e de forma gradativa.

3- Umedeça a ração seca

Como já falei anteriormente, a alimentação natural para gatos deve ser iniciada de modo gradual para que seu bichano não sinta muito impacto. Uma excelente dica para iniciar o processo é umedecer a ração seca com caldos de frango, carne ou peixe.

4- Misture ração úmida com ração seca

Seu gatinho já aceitou a ideia de comer ração seca com caldo de carne? Pois bem, agora é a hora de avançar para o próximo passo. Para isso, misture ração seca com a ração úmida. Você pode usar comidinhas em lata ou sachê. Aos poucos, você vai conseguir substituir 100% a ração seca pela úmida. Tenha paciência!

5- Ofereça somente a alimentação natural

Agora, chegou a hora de oferecer somente a alimentação natural para gatos. Elimine de vez as rações secas e passe a fornecer comidas cozidas. O cardápio pode ser variado, mas balanceado. Dê preferência a carnes e legumes, levemente aquecidos e úmidos.

Nós montamos o cardápio ideal para seu felino!

Gostou das minhas dicas sobre introdução da alimentação natural para gatos? Agora, você já pode colocá-las em prática! Nessa etapa, eu posso te ajudar ainda mais. A minha equipe pode montar um cardápio de alimentação natural personalizado para o seu gatinho!

Nossos produtos são 100% naturais, altamente nutritivos e sem conservantes. Criamos planos de dieta especiais para cada animal, respeitando suas preferências e seu apetite. Entre em contato conosco e peça já as comidinhas do seu melhor amigo!

Gostou do conteúdo? No meu blog você encontra outros artigos sobre gatos:

Posts Recentes Tags