CONHEÇA NOSSO BLOG
05Ago
Como controlar pulgas e carrapatos no cão

Como controlar pulgas e carrapatos? Descubra nesse artigo!

Compartilhe!

Olá, querido leitor. Quem fala aqui é a mãe do Bob. Como você está?
Hoje, nosso papo será sobre um dos cuidados mais básicos para deixar o bem-estar dos nossos doguinhos em dia: controlar pulgas e carrapatos. Em casa, nós adotamos algumas medidas que acreditamos que possam valer também para o seu lar! Neste artigo, direi quais são elas. Prossiga a leitura e veja como é possível deixar estes parasitas bem longe do seu animalzinho.

O que fazer para controlar pulgas e carrapatos? Veja 5 dicas!

Pulgas e carrapatos são parasitas capazes de disseminar doenças para os doguinhos. A pulga é responsável por transmitir o Dipilidium, verme intestinal, que aumenta o risco de anemia nos nossos amiguinhos. Por outro lado, a infestação por carrapatos acarreta a famosa “doença do carrapato”, febre maculosa, que pode levar o animal à morte. Sendo assim, controlar pulgas e carrapatos se torna um dever básico para garantir a saúde dos cãezinhos.

Abaixo, veja o que pode ser feito em casa para controlar a infestação destes parasitas.

1- Isole o cão ao primeiro sinal de infestação

O pelo do animal é um ótimo lugar para a reprodução dos parasitas, por isso a primeira atitude a ser tomada caso note um sinal de infestação é isolar o cãozinho. O ideal, nesse sentido, é limitar o espaço de circulação dele dentro de casa. Não esqueça de deixar alguns brinquedos livres dentro do local onde ele ficará.

2- Converse com o veterinário sobre aplicação de remédios

Ter em mente quais remédios seu veterinário recomenda para controlar pulgas e carrapatos é importante para saber como limpar a casa e impedir que os parasitas se aproximem. Veja isso antes da infestação chegar até seu cãozinho como método de proteção. Aqui, vale aquele velho ditado: “é melhor prevenir do que remediar”!

3- Faça um cronograma de limpeza do lar

Caprichar na limpeza também é uma tarefa simples para combater pulgas e carrapatos. O recomendado é que seja montado um cronograma de lavagem das roupas de cama, casinha do doguinho, chão, almofadas e mais lugares onde seja possível encontrar espaço para reprodução de pulgas e carrapatos. A limpeza periódica aumenta a possibilidade de todos os ambientes se manterem limpos por mais tempo.

4- Higienize o doguinho

A limpeza do cãozinho também é algo importante quando se busca controlar pulgas e carrapatos. Olhar orelhinhas, barriguinha, patas e outras partes onde estes parasitas costumam ficar é essencial para assegurar que seu cãozinho está livre.

Além disso, banhos periódicos e secagem correta do pelo também estão inclusos na questão da higienização dos doguinhos. Afinal, isso diminui a umidade presente entre o pelo e a pele do cãozinho, o que minimiza a criação de um ambiente propício à infecção.

5- Alimentação saudável

Por último, mas não menos importante, a alimentação saudável torna o organismo do seu cãozinho muito mais resistente. Isso impossibilita que ele fique vulnerável a ação de pulgas e carrapatos. Por consequência, também coopera para controlar a ação destes agentes.

Gostou do artigo sobre como controlar pulgas e carrapato? O Bob tem um cardápio com alimentação natural para cães e gatos! Entre em contato conosco pelo site para ficar por dentro das soluções que o Chef Bob disponibiliza!

Aproveite para ler mais artigos como este em nosso blog. Encontre:

 

 

Posts Recentes Tags