CONHEÇA NOSSO BLOG
07Maio
como cuidar de uma cadelinha no cio

Como cuidar de uma cadelinha no cio? Descubra nesse artigo!

Compartilhe!

Oi, amigo humano! Tudo beleza? Olha só quem está aqui mais uma vez! Isso mesmo, euzinho, lindo, o Bob!
Desta vez, o assunto é sério. Tenho muitas aumigas que ficam preocupadas com o período fértil delas. Essa situação me parece realmente muito desconfortável. Por isso, não poderia deixar de tratar sobre este assunto tão delicado para as catioras do meu blog. Então, este artigo foi feito especialmente para você, que é papai ou mamãe, aprender como cuidar de uma cadelinha no cio. Boa leitura!

O que é preciso saber sobre o período de cio?

Assim como ocorre nos humanos, o período fértil de uma cadelinha é iniciado durante a puberdade. Em cadelinhas, ele costuma ocorrer entre 6 e 12 meses de idade. É denominado “cio”. Consequentemente, diversas alterações hormonais também são vistas nesta transição. O marco fica evidente a partir da secreção sanguinolenta da catiorínea.
Abaixo, veja alguns pontos cruciais que separei para você sobre o assunto.

Comportamento

Como já disse aí em cima, os hormônios das minhas aumigas ficam doidinhos quando elas estão para iniciar o cio. Uma delas me contou que sente bastante desconforto durante à noite, por isso não consegue dormir bem e fica bastante ansiosa. Outra, disse que quando está próxima do período de cio sente-se cansada, como se tivesse corrido o quintal inteiro atrás de uma vareta umas três vezes.

Assim, podemos perceber que alguns dos sinais de mudança comportamental que ocorrem durante este período são:

  • irritabilidade;
  • cansaço;
  • desânimo;
  • uivos;
  • latidos em excesso;
  • impaciência;
  • ansiedade.

Sintomas físicos

Quando o assunto é como cuidar de uma cadelinha no cio, além das alterações comportamentais também é preciso atentar-se aos sintomas físicos. Estes se apresentam durante o proestro.

Listamos os mais comuns. Confira:

  • aumento do volume da vulva;
  • vermelhidão ou escurecimento da região genital;
  • aparecimento de secreção sanguinolenta.

Fases do ciclo reprodutivo

Uma vez que já citei os sintomas comportamentais e físicos, não posso deixar de falar sobre as fases do ciclo. Peço que deem atenção a este tópico, pois compreendê-lo vai tornar muito mais fácil a situação de como cuidar de uma cadelinha no cio.

Existem 4 fases durante o período de cio de uma cadelinha. Elas são:

  • proestro: nesta primeira fase, minhas aumigas se tornam capazes de liberar de hormônios que atraem os doguinhos. No entanto, elas ainda não ficam totalmente preparadas para cruzar. Já existe o aparecimento dos sintomas físicos que listei acima.
  • estro: durante o estro a cadelinha apresenta mais receptividade com os doguinhos. Os sintomas físicos, portanto, têm a possibilidade de desaparecer.
  • diestro: este é o momento em que a cadelinha encontra-se apta para a fecundação. Os hormônios ficam responsáveis por fazer a manutenção da gestação. Contudo, vale lembrar que, cadelinhas não fecundadas também passam pelo diestro.
  • anestro: em último, o anestro funciona como uma fase de transição entre o encerramento de um ciclo e o início de outro.

Acho importante destacar que tanto a chegada do primeiro ciclo, quanto a manutenção dos próximos varia de acordo com o porte da cadelinha, estado de saúde e nutrição.

Afinal, como cuidar de uma cadelinha no cio?

Bom, agora que já te passei todas as informações sobre como funciona o cio nas cadelinhas, vamos retornar ao ponto de partida: como cuidar de uma cadelinha no cio. Como deixei claro, as alterações de humor podem transformar completamente a vida das doguinhas neste período. Por essa razão, você papai ou mamãe, em primeiro lugar deve redobrar a paciência com a filhota, ok? Pense no quanto pode estar sendo difícil para ela e tente acalmá-la. No mais, cumpra os seguintes passos:

  • evite expô-la em locais como jardins e pracinhas;
  • deixe o local de descanso dela bem limpinho;
  • faça a higienização correta da região genital da cadelinha;
  • confira se há necessidade do uso de fraldas caninas;
  • reforce a alimentação saudável para mantê-la disposta.

Gostou do artigo que preparei para você sobre como cuidar de uma cadelinha no cio? Como você já deve saber, eu sou o rei das comidinhas nutritivas. Como me preocupo com a saúde dos meus coleguinhas, separei um cardápio de alimentação natural para cães e gatos. Além disso, para casos específicos também fiz um plano de dietas sensacional! Entre em contato pelo site ou compre os produtinhos via WhatsApp.

Acompanhe os últimos artigos do blog:

Lambeijus! Até mais!

Posts Recentes Tags