CONHEÇA NOSSO BLOG
02Ago
Felino com a boca aberta representa como prevenir doenças orais em gatos

Como prevenir doenças orais em gatos? Saiba a resposta aqui!

Compartilhe!

Olá, amigo humano! Tudo beleza? Hoje encontrei minha catmiga Luna aqui na rua. Ela estava linda! Quando miou e pude ver seus dentinhos fiquei surpreendido! Estão muito bem tratados! Esse, por consequência, é um sinal que a saúde bucal dela está em dia também! Mas e você, quer saber de uma vez por todas como prevenir doenças orais em gatos? Aqui, deixei algumas dicas essenciais para isso. Confira!

Como prevenir doenças orais em gatos? Veja as dicas!

1- Higienize os dentes do seu felino

Assim como em vocês, humanos, uma boa tarefa de prevenção de doenças orais em gatos é iniciada a partir da higienização dos dentes dos felinos. Em geral, eles nascem sem dentes, mas os decíduos começam a romper quando chegam nas duas primeiras semanas. Assim, entre 4 e 6 meses de vida os gatinhos já têm a dentição composta por 30 dentes!

Dessa maneira, pode ser que não seja uma tarefa muito fácil escovar os dentes do seu gatinho, mas se ele estiver habituado desde filhote isso pode ser um pouco mais simples. Ao remover as bactérias da boca dele, você impede que ele fique suscetível às doenças!

Não use pastas para humanos, ok? Peça orientação do veterinário de sua confiança para essa tarefa.

2- Conheça a fase de mudança de dentes

Em segundo lugar, algo muito importante em como prevenir doenças orais em gatos é entender as fases de mudança de dentes dos felinos. Por vezes, esse período pode resultar na inflamação de gengivas e hálito menos agradável. No entanto, saiba que essas condições não afetam a saúde do seu gatinho diretamente. Lembre-se que essa questão é comum nos primeiros meses de vida, como dissemos anteriormente.

Por outro lado, se você tem um gato adulto e ele apresenta as alterações semelhantes às que formam a fase de mudança de dentes, é importante que você reforce a alimentação dele com itens ricos em nutrientes e leve-o à consulta com o veterinário. Isso será fundamental para que os dentes dele voltem a ser saudáveis.

3- Estude sobre as doenças orais em gatos

Em geral, doença periodontal e gengivo-estomatite felina são doenças orais comuns em gatos. Em vista disso, no processo de como preveni-las é importante que você estude sobre elas. Busque encontrar modos de fortalecer o sistema imunológico do seu felino para que ele não fique com as defesas do corpo enfraquecidas. Mais uma vez, os agentes patógenos são os responsáveis por essas comorbidades.

Em vista disso, reforçar a alimentação e garantir a boa higiene bucal pode ser uma saída para minimizar os efeitos das doenças ou impedir que elas ocorram.

4- Adapte uma rotina alimentar rica em nutrientes

Por fim, o processo de como prevenir doenças orais em gatos também depende da adaptação de uma alimentação rica em nutrientes. É importante que os níveis de taurina, vitaminas, nutrientes e sais minerais estejam coerentes com o tamanho do seu felino e necessidade alimentar dele.

Chef Bob: alimentação natural para cães e gatos!

A alimentação natural participa das formas de prevenção de doenças orais em gatos. Não se esqueça de conferir as opções disponíveis no meu cardápio! Saiba que é possível personalizá-las conforme as orientações do veterinário. Assim, o bichano vai ficar sempre muito saudável! Gostou? Entre em contato com a minha equipe! Estamos à disposição para dúvidas e pedidos.

Mil lambeijos, amigo humano! Cuide bem do seu felino! Desejo que ele tenha uma longa vida ao seu lado. Até a próxima!

Posts RecentesTags