CONHEÇA NOSSO BLOG
24Jun
Gato obeso perto de uma balança

Gato obeso: veja os riscos e saiba como tratar esse problema

Compartilhe!

Olá, amigo humano! Como vai? Aqui é o Bob na área! Recentemente, visitei uma amiga, uma gatinha chamada Chiclete. Pude notar que ela deu engordadinha depois que foi castrada. Nós conversamos e brincamos muito, mas percebi que ela se sentia muito cansada e ofegante após o esforço físico. Pensando nisso, decidi ajudá-la e pesquisei tudo sobre gato obeso. Continue a leitura e saiba como ajudar seu bichano!

Gato obeso: como perceber os sintomas?

Agora os tutores devem estar imaginando: “É sério que devo me preocupar com o meu gatinho super peludo, fofo e rechonchudo, isso não quer dizer que meu gato é saudável?” Nem sempre, meus amigos. Saiba como perceber um gato obeso:

  • visite um veterinário — ele avaliará se o peso do gatinho corresponde a idade, sexo e raça;
  • ao fazer carinho no gato, perceba se irá sentir as costelas dele. Caso não sinta, pode ser um sinal de sobrepeso;
  • ao pegar seu bichano no colo, note se ele está mais pesado que o normal;
  • se o seu gatinho for preguiçoso, sedentário e dorminhoco em excesso pode ser um sinal de obesidade;
  • o gatinho que é obeso não consegue subir ou escalar os móveis da casa;
  • o bichano apresenta respiração ofegante de forma constante.

Quais os riscos oferecidos à saúde do animal?

Atenção, mamães e papais de gato obeso, se a condição de obesidade felina não for tratada pode contribuir para o desenvolvimento de outras doenças. Veja os exemplos:

  • problemas locomotores;
  • dores na articulação;
  • diabetes;
  • urolitíase — pedra nos rins;
  • síndrome respiratória;
  • e até problemas dermatológicos.

Cuidado: a união das doenças apontadas nesta lista é capaz causar a redução da expectativa de vida do seu gatinho.

Como ajudar na perda de peso do meu gato obeso?

Exercício físico

Incentive o gatinho a deixar de ser sedentário. Aproveite o tempo livre e divirta-se com seu bichano. Instigue o instinto caçador do gato por meio de brincadeiras – ratinhos e peixes de pelúcia podem ser uma opção. Além disso, os bichanos adoram penas, amarre-as em uma vareta e faça o corpinho do gatinho se movimentar! Arranhadores e torres também são perfeitos para brincadeiras.

Mude a alimentação

Leve seu gato obeso ao veterinário e peça uma dieta balenceada e nutritiva para ele. Reduza a quantidade de petiscos em excesso. Se liga na dica mais importante: invista na alimentação natural para gatos! As comidinhas naturais têm os nutrientes necessários para manter o corpinho do seu bichano funcionando bem.

Garanta o cardápio de alimentação do Chef Bob!

Conte com nosso plano de dietas para seu gato obeso. A equipe do Chef Bob é especialista em refeições úmidas altamente saborosas e nutritivas. Dê uma olhada em nosso cardápio de alimentação natural.

Entre em contato e solicite já suas comidinhas. Peça também pelo Whataspp.

Gostou do conteúdo? Confira mais novidades no blog do Bob!

Muitos lambeijos, até a próxima!

Posts RecentesTags