CONHEÇA NOSSO BLOG
29Mar
Na imagem vemos um cachorro com parvovirose canina. Veja neste artigo como proteger seu cãozinho!

Parvovirose canina: saiba como proteger seu cãozinho!

Compartilhe!

Oi, amigo humano! Tudo beleza? Há quanto tempo que não nos falamos, hein. Você já deve saber quem está no comando dessa vez, euzinho, o Bob!

O verão acabou no final do mês passado e agora entramos no outono, quando sua preocupação com o seu cãozinho não pode diminuir. Normalmente é durante esta época que são identificados casos de gripe e contágio por vírus em pets. Pensando justamente nisso, preparei este artigo sobre a parvovirose canina. Quer saber mais sobre ela? Prossiga a leitura!

Guia completo sobre parvovirose canina

O que é?

A parvovirose canina é uma doença provocado por um vírus chamado parvovírus canino. Ele acomete, principalmente, os cães jovens.

Transmissão

A transmissão da parvovirose canina ocorre quando o cão tem contato com as fezes contaminadas. Em função disso, pode ser classificada em direta e indireta.

Na forma direta, seu doguinho pode ter contato direto com as fezes de outro animalzinho na casa que está contaminado. Já na forma indireta, moscas e outros insetos transportam a matéria que contém o vírus. Esses vetores podem depositá-la na comida ou na água do seu cãozinho. Fique atento!

Existe período de incubação?

Sim! É válido destacar que o período de incubação é de 7 a 14 dias antes dos sintomas serem iniciados.

Infecção e sintomas

O parvovírus se instala no intestino do seu animalzinho. A ação dele elimina as vilosidades que têm a capacidade de fazer a absorção de nutrientes. Por consequência, o cãozinho sofre perda nutricional e, também, de líquidos.
Por conta disso, os sintomas mais comuns quando falamos a respeito desta infecção são:

  • diarreia;
  • vômito;
  • falta de apetite;
  • febre.

Portanto, caso seu cãozinho apresente diarreia e vômitos intensos, leve-o ao veterinário para o diagnóstico. Lembre-se que a desidratação pode agravar o estado de saúde do seu doguinho.

Prevenção

Algumas ações simples podem ser usadas como medidas de prevenção da parvovirose canina. Elas são:

  • fazer a vacinação dos doguinhos de acordo com o calendário anual;
  • não deixar que seu cãozinho tenha contato com outros animais ou materiais infectados pelo vírus;
  • fazer a limpeza correta dos ambientes para evitar o aparecimento de moscas e outros insetos;
  • conceder alimentação rica em nutrientes para o cãozinho.

Garanta um cardápio personalizado para o seu doguinho!

Uma boa alimentação é vista como estratégia tanto de prevenção quanto de cuidado com o seu cãozinho com relação à parvovirose canina! Por isso, não deixe de optar por um cardápio personalizado, de acordo com as orientações do veterinário. Entre em contato com a equipe Chef Bob para pedir um orçamento! Caso prefira, fale conosco através do nosso WhatsApp. A alimentação natural que oferecemos é pensada especialmente para garantir a saúde do seu pet!

Muitos lambeijos! Te vejo na próxima!

Posts RecentesTags