CONHEÇA NOSSO BLOG
02Out
conheça os problemas de pele em gatos

Alimentação natural trata problemas de pele em gatos?

Compartilhe!

Fala, amigo humano. Tudo beleza? Aqui quem fala é o Bob!

Sendo sincero, adoro escrever sobre gatinhos porque eles também são nossos amigos. Esse negócio de inimizade já é passado! Eles estão presentes na rotina dos meus pais tanto quanto nós, doguinhos, e geram o mesmo carinho por eles.

Por isso, a pauta de hoje é séria e deve servir como alerta para papais e mamães de gatinhos que os deixam passear. Muitas doenças, conhecidas como problemas de pele em gatos, podem ser derivadas disso. Ao notar a queda de pelos, fique atento.

Prossiga a leitura se quiser saber como a alimentação natural está presente no processo de recuperação do seu pet até que ele fique 100% saudável.

Quais são os problemas de pele em gatos mais comuns?

Os problemas de pele em gatos são ligados a uma variedade de razões. No geral, estão ligados às saídas dos gatinhos sem supervisionamento por terem maior risco de contato com materiais responsáveis por provocar incômodo. Isso é, seja por meio da ingestão ou, até mesmo, do toque.

Por isso, conhecer as doenças que são comuns na pele dos bichanos é dever de todo papai e mamãe que se preocupa com seu pet. A seguir, separei algumas com um resumo. Veja como a alimentação natural contribui para cada um dos casos.

1- Sarna de ouvido

Em primeiro lugar, a sarna de ouvido, ou “sarna otodécica’’ como também é conhecida, está entre as doenças que mais causam incômodo ao animalzinho. Ela é causada por ácaros que entram no canal auditivo e se proliferam. Como consequência, há coceira e cera em excesso.

Aqui, a alimentação natural entra como forma de tratamento por ter ingredientes com alta capacidade anti-inflamatória. Eles previnem a manifestação de uma infecção bacteriana de ouvido e aliviam consideravelmente os sintomas que seu gatinho pode ter ao apresentar sarna de ouvido. Nesse caso, a alimentação natural é capaz de tratar o problema.

2- Dermatite alérgica

Assim como a dermatite em cães, os gatos também são capazes de ter problemas de pele bastante semelhantes. Neles, inclusive, não se descarta a abertura de feridas que causam coceira intensa.

A explicação geral para o surgimento da dermatite alérgica, que é um dos problemas de pele em gatos, está ligada à ação da saliva de pulgas. Por isso, os papais e mamães devem verificar a higiene do gatinho e saber se ela está adequada.

A alimentação natural, por sua vez, entra aqui como uma aliada na criação de uma barreira imunológica. As vitaminas que constam como parte da composição dos alimentos asseguram que o corpinho dos gatinhos seja suficientemente capaz de protegê-los desses parasitas. Desta maneira, pode estar presente no momento antes da dermatite alérgica, durante o tratamento e após o quadro, com o objetivo de prevenção.

3- Micose

A micose é um dos problemas de pele em gatos com o maior potencial de contágio. Por ser causada pela ação de fungos, pode ser transmitida para humanos. Pode ser notada por meio de manchas vermelhas de aspecto redondo ao longo do corpinho do animalzinho e emagrecimento repentino.

Neste caso, em específico, a alimentação natural deve ser aliada à administração de remédios receitados pelo veterinário. Ela atuará de forma complementar para repor os nutrientes necessários para restabelecer o bem-estar do gatinho. Além disso, aumenta a hidratação do animalzinho uma vez que os alimentos destinados aos gatos mantêm a umidade.

4- Alopécia

Chamamos de ‘’alopécia’’ o estado de queda excessiva de pelos. Essa condição, semelhante ao que ocorre com a maior parte das anteriores, pode obedecer a causas de estresse, problemas hormonais ou baixa nutrição. Papais e mamães, fiquem atentos e notem se seu gatinho está se lambendo demais, pois esta é uma das reações!

O tratamento da alopécia considera não colocar o animalzinho em situações que sejam estressantes. Também prevê uma alimentação capaz de repor vitaminas e nutrientes que garantam a recuperação da área atingida.

5- Infecção bacteriana

Por fim, a infecção bacteriana tende a ser causada por um conjunto de doenças de pele em gatos que podem ser capazes de provocar foliculite e inflamação. Com isso, queda de pelo e abertura de pequenas feridas tendem a ser vistas como resultado da infecção.

Neste sentido, mais uma vez, a alimentação natural para gatos combinada aos antibióticos indicados pelos veterinários contribui para manter o sistema imunológico resistente contra a ação de bactérias.

Adote a alimentação natural na rotina do seu gatinho!

Gostou de saber como a alimentação natural é capaz de tratar problemas de pele em gatos? Meu cardápio natural conta com receitinhas especiais para cães e gatos. Monte o do seu pet de forma personalizada e siga as orientações do veterinário.

Para obter mais informações, entre em contato com o Chef Bob! Será uma honra te auxiliar na adoção de uma alimentação mais saudável para seu gatinho.

Complemente a leitura deste artigo com outros que estão em nosso blog. Descubra dicas para prevenir anemia em gatos, a importância da taurina, fatores que podem deixar o gatinho preguiçoso e como melhorar a convivência entre cães e gatos.

Lambeijos mil!

Até a próxima!

 

Posts Recentes Tags