CONHEÇA NOSSO BLOG
28Maio
Na imagem vemos um felino sofrendo com a queda de pelos em gatos

Queda de pelos em gatos é normal? Saiba a resposta aqui!

Compartilhe!

Olá, amigo humano! Tudo bem? Aqui é o Bob!
A Julieta, uma catmiga minha, tem soltado muitos pelos. Os tutores dela vivem falando para os meus papais que já não sabem mais o que fazer. Então, me fiz a pergunta: será que isso é normal ou a Ju precisa de ajuda? Depois de tanto pesquisar, agora tenho a resposta! Por isso, preparei este artigo sobre a queda de pelos em gatos. Aqui, revelo quando você deve ou não se preocupar. Confira!

Quando a queda de pelos em gatos pode ser considerada normal?

A queda de pelos em gatos é considerada normal em uma estação do ano: a primavera. Neste momento, os gatinhos trocam os pelos do inverno e preparam a pelagem para o verão. Ou seja, deixam de lado os pelos mais grossos e ficam com os pelos mais finos.

Por isso, se você encontrar muitos pelos no chão, móveis ou roupas durante essa fase do ano, saiba que pode ser apenas uma preparação para um novo ciclo de pelagem.

Sendo assim, garantir uma rotina de escovação pode ajudar a reduzir o problema. Veja se seu felino demonstra algum desconforto, porque esse indício pode se relacionar com os outros motivos onde a falência dos pelos não é normal.

E os motivos para a queda de pelo em gatos, quais são?

Agora, amigo humano, se o seu gatinho está com muitos pelos caindo e apresenta desconforto, acho que você tem com o que se preocupar. Listei outros motivos que podem provocar essa anomalia.

1- Micoses

Assim como nos humanos, as micoses em gatos são infecções causadas por fungos. Em geral, os felinos apresentam três mais comuns:

  • dermatofitose: apresenta lesões arredondadas com uma casquinha branca na superfície. Se não forem tratadas, podem se tornar grandes lesões em todo o corpinho do seu felino. Um dos sintomas típicos é a coceira intensa.
  • esporotricose e criptococose: apesar se serem bem parecidas, são provocadas por fungos diferentes. Causam lesões arredondadas, úmidas e sanguinolentas, o que as difere da dermatofitose. Em casos graves, podem atingir o sistema respiratório do animal.

Deste modo, a queda de pelos em gatos é um fator comum a essas micoses, que também são consideradas zoonoses. Ou seja, podem ser transmitidas do animal para os humanos. Esteja atento!

2- Sarnas

Enquanto as micoses anteriores apresentam a falha nos pelos com feridas em qualquer parte do corpinho do seu gatinho, as sarnas costumam provocar essa anomalia na região das orelhas. Então, se você já percebeu sua casa com muitos pelos e notou que seu gatinho está com poucos pelos na orelha… é a hora de correr para o veterinário! Esse tipo de alergia precisa ser tratada com orientação profissional.

3- Estresse

Os felinos são capazes de sofrer com estresse tanto quanto os outros animais. Deste modo, isso pode decorrer de variadas situações. Por exemplo, algumas crianças têm o hábito de brincar com os gatos jogando-os para cima e para baixo — o que não é recomendado. Além disso, a vivência em um ambiente muito agitado também é favorável ao surgimento do estresse.

Logo, uma vez que essas alterações são encontradas no corpo do gatinho, há maior propensão de existir a queda de pelos. Busque informações com o veterinário!

4- Desnutrição

A desnutrição é um fator que pode provocar queda de pelos em gatos de forma excessiva. Além disso, em decorrência da falta de nutrientes, seu gatinho também pode ficar mais predisposto a apresentar doenças, como as que foram listadas anteriormente. Afinal, a desnutrição é responsável por deixar o sistema imunológico fragilizado.

Deste modo, a falta de alimentação adequada pode fazer com que seu gatinho solte mais pelos que o normal. Verifique as medidas que devem ser tomadas para resolver esse problema com o veterinário de sua confiança.

Garanta uma alimentação rica em nutrientes com o cardápio do Chef Bob!

Gostou de entender mais sobre a queda de pelos em gatos? Aderir uma alimentação rica em nutrientes é uma das maneiras mais eficazes para combater todos os males que causam essa manifestação. Veja as opções do meu cardápio e deixe seu gatinho bem nutrido! Entre em contato para mais informações. Minha equipe está à disposição para atendê-lo!

Mil lambeijos!

Cuide muito bem do seu gatinho. Quem sabe ele não se torna um catmigo no futuro, né?

Até mais!

 

Posts RecentesTags